Uma detalhe interessante desta receita é o tempero indiano “caril ” ( que no Brasil conhecemos apenas por “curry”).

A palavra caril aparece pela primeira vez na língua portuguesa em 1563 através de relatórios do médico judeu português Garcia de Orta, que seguira para Goa ( Índia) com Martim Afonso de Sousa em 1534.  Além de médico, foi um autor pioneiro sobre botânica, farmacologia, medicina tropical e antropologia. O pó de caril é uma mistura principalmente de coentro, gengibre, cominho, noz-moscada , cravo-da-índia, pimenta e canela.




Posteriormente, somente em 1598, os ingleses incluíram a palavra “curry” à língua inglesa tal o sucesso do tempero trazido pelos portugueses , por toda a Europa. E provavelmente criaram a palavra a partir do “caril” português.

Feita a introdução, passemos a duas receitas :

Receita 1 – “Nossa” receita de caril de frango simples.

Ingredientes

  • 1 frango
  • 1 limão
  • azeite para refogar
  • 4-6 cebolas grandes cortadas grosseiramente em cubos
  • 2 colheres de sopa de caril
  • sal e pimenta-do-reino (outro tema para falarmos mais tarde) à gostou ou q.b.( quanto baste).

Modo de preparo

  1. Lave bem o frango, passe limão por dentro e fora e volte a lavar e secar.
  2. Corte o frango em pedaços pelas articulações (sem partir ossos). Tempere com sal e pimenta e reserve.
  3. Aqueça o óleo e passe rapidamente cada pedaço pelo óleo para selar a carne.
  4. Numa panela grande junte o frango, em fogo baixo, cubra com as cebolas cruas e tape.
  5. À medida que a cebola vai cozinhando, libera líquido e vá mexendo até estufar e amolecer por completo as cebolas. Normalmente não precisa acrescentar água.
  6. Quando já estiver próxima de ficar macia a carne, adicione o caril e mexa para envolver toda a carne. Frango caseiro demora bem mais que frango de granja.

Acompanha purê de batatas.

Receita 2 – Peito de Frango Goês

Ingredientes 

  • 1 peito de frango em filé cortado em tiras
  • 2 cebolas  picadas
  • 4 dentes de alho picados
  • 1 colher sobremesa de gengibre picado sem casca
  • 1 maça cortada aos cubos
  • 1 pote iogurte natural
  • algumas folhas de coentros
  • 1 limão ( lima da pérsia) suco e raspas da casca
  • 2 colheres de sopa de caril
  • 1 pimenta malagueta sem sementes
  • 100 ml de leite de côco
  • Sal q.b.

Modo de Preparação

  1. Refogue numa panela as cebolas, alhos, gengibre . Quando dourarem, acrescente a maçã, a pimenta malagueta cortada sem sementes e o caril, mexendo bem em fogo baixo.
  2. Acrescente o leite de côco até aquecer.
  3. Numa frigideira, sele o frango em óleo bem quente e depois junte o frango ao molho e deixe cozer por cerca de 15 minutos.
  4. Corrija o sal e quando a carne do frango estiver no ponto, desligue o fogo, acrescente o limão e raspas, o iogurte e os coentro, mexendo para envolver.
  5. Sirva com arroz branco simples ou arroz branco em que acrescente 100 ml de leite de côco na cozedura.
Bom apetite!

Dica extra

Esta última receita pode ser “convertida” a caril de “gambas” (camarão) e fica deliciosa.
Em lugar do frango, adicione 500 gr de miolo de camarão ao refogado e o tempo de cozedura é inferior.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, digite seu nome