No Brasil, conhecidos como bolinhos de bacalhau, forma também utilizada no Norte de Portugal, provavelmente de origem na região do Minho. Em Portugal, principalmente no Centro e Sul mais conhecido por “Pastel de Bacalhau”.

Origem? O bacalhau, sua secagem e salga teve origem ainda na época dos vikings na Escandinávia. Os bascos posteriormente começaram a dominar técnicas de salga e secagem uma vez que sol pela escandinávia não era muito fácil. Posteriormente, vikings , portugueses e demais pescadores, descobriram pesqueiros no Canadá e começou intensa disputa por locais secretos nessa região onde pescava e secavam, mesmo antes do Cristóvão Colombo. O bacalhau salgado passava a ser um alimento base das tripulações de navios pela fácil conservação.




A forma como o conhecemos  os ” bolinhos de bacalhau”com adição à batata, só pode acontecer depois da dita cuja batata vir das Américas (Incas- Peru) para a Europa. Houve o primeiro incentivo da Rainha Dona Maria I para plantar batatas nos Açores em 1798. Os holandeses, segundo alguns escritores, teriam sido os primeiros a misturar batatas a bacalhau e peixes frescos e fritá-los.

As receitas mais tradicionais são rigorosas na proporção entre bacalhau: batata, ou seja, 2:1 (bacalhau o dobro da batata).

Alguns chefs actualmente ainda aceitam a relação até 2:3 (duas medidas de bacalhau para 3 de batata).

A grande maioria que se encontra nos restaurantes a partir do aumento de quantidade de batata, poderia chamar seus bolinhos de ” Bolinhos de batata”. Escolhemos duas boas receitas para nossos seguidores testarem:

Receita 1

Ingredientes:

  • 500 gramas de bacalhau
  • 250 gramas de batata (escolha batata que ao fritar fique seca e não murche)
  • 5 colheres de sopa de amido de milho (maizena)
  • 5 colheres de sopa de coentros picados, sal e pimenta-do-reino q.b. .
  • 4 ovos com gemas separadas das claras.
  • Azeite para fritar.

Modo de Preparar

Coza o bacalhau e retire as espinhas e pele. Passe para um pano branco limpo onde deverá amassar bem para ficar bem desfiado. Coza as batatas com pele, depois retire as peles e amasse-as.

Junte o bacalhau, batatas amassadas, coentros, sal e pimenta e as gemas uma de cada vez. a medida que ponha as gemas verifique a consistência da massa que não deve ficar sem liga nem muito mole. Caso amoleça, acrescente mais maizena. Acrescente as claras em castelo suavemente envolvendo a massa. Faça os bolinhos com duas colheres de sopa para moldarem em frite em azeite bem quente, não deixando os bolinhos tocarem no fundo da fritadeira.

Escorrer separadamente sem empilhar, em papel toalha.

Pode ser aperitivo ou prato principal, acompanhado com arroz de tomate.

 

Receita 2

  • 500 gramas de bacalhau
  • 500 gramas de batatas
  • 3 dentes de alho
  • 3- 4 ovos
  • 1 ramos de salsa bem picada, sal e noz-moscada qb.

Modo de preparo

Conforme o modo de preparo da receita anterior, corrigindo o sal e noz moscada e pondo ovos inteiros e verificando a consistência da massa que deve ficar um pouco rija. mão demasiado amolecida.

Segredos :

1 -Nossa mãe cortava os alhos muito bem picado para que não se identificasse na massa, somente o sabor.

2- O bolinho depende muito da qualidade da batata. Experimente fritá-la e caso fique “molenga”, não utilize-a.

3 – A noz moscada (receita 2) deve ser usada bem de leve, só uma ou duas raspas, do contrário fica muito dominante o sabor.

4- são mais saborosas as partes mais escuras do bacalhau como rabo e “orelhas”.

5- experimente em lugar da batata o aipim (mandioca).

Bom apetite e Bom proveito.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, digite seu nome